BEM VINDOS AO MEU CANTINHO ESPECIAL. AQUI VOCÊ ENCONTRARÁ SENTIMENTOS QUE TRANSPIRAM DA MINHA ALMA E SE TORNAM POESIAS. É COM ELAS QUE CONVERSO COM O MUNDO... " ONDE O SONHAR É ETERNO, A ESPERANÇA ESTÁ SEMPRE VIVA E O AMOR SE FAZ PRESENTE EM CADA PALAVRA."





segunda-feira, 29 de novembro de 2010

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

DIVAGAÇÕES


O sereno da noite umedece minha veste
enquanto o vento entoa uma cançao
e eu nesse caminhar que me apetece
vou ludibriando meu coração

A estrada está deserta
e a saudade machuca a alma
ainda diante de razões incertas
é a emoção que me salva

A noite é longa e inquieta
e o momento todo aprisionado
no sonho que me resta
mas é por ele que sou guiado

Não importa o vagar do pensamento
nem o tempo que vai durar
estou presa a esse sentimento
sem hora certa para acabar

Lucia Liz

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

EU E VOCÊ



Te sinto

Te imagino

Te sonho

Te trago para perto

Na piscada do meu olhar

Te vejo

Te inspiro

Te deduzo

Te ouço na canção

Tocada pelos ventos a vibrar
Lucia Liz

domingo, 21 de novembro de 2010

SÚPLICA


Súplica

Agora que o silêncio é um mar sem ondas,
E que nele posso navegar sem rumo,
Não respondas
Às urgentes perguntas
Que te fiz.
Deixa-me ser feliz
Assim,
Já tão longe de ti como de mim.

Perde-se a vida a desejá-la tanto.
Só soubemos sofrer, enquanto
O nosso amor
Durou.
Mas o tempo passou,
Há calmaria...
Não perturbes a paz que me foi dada.
Ouvir de novo a tua voz seria
Matar a sede com água salgada.

Miguel Torga

CENA DE AMOR



Constelações mil
numa dança iluminada
seresta da noite
amor da madrugada
num lampejo, um beijo
e a mudança de cenário
num acorde, o clarear
e o desvendar do imaginário
e nos olhos coloridos
o enigma do amores
docemente vividos
entre estrelas e flores

                                          Lucia Liz

sábado, 20 de novembro de 2010

CORAÇÃO NA MÃO



Coração na mão

Por trás da fortaleza tem alguém sensivel
com medo da entrega do coração
alguém com medo da paixão
de se ferir por causa de uma ilusão

A dor da perda é imensa
não sei se aguentaria
ver o coração sangrando
e a alma definhando

Talvez por medo deixe de viver
mas como aprender
se meu coração é assim
e já sofre pensando no fim

Minha sensibilidade vai além do que possa imaginar
Sonho e viajo até onde não possa estar
flutuo nos teus versos
e vou sempre te encontrar

Lucia Liz

A JOURNEY OF THE HEART

SE NÃO FALAS


SE NÃO FALAS

Se não falas, vou encher o meu coração
Com o teu silêncio, e agüentá-lo.
Ficarei quieto, esperando, como a noite
Em sua vigília estrelada,
Com a cabeça pacientemente inclinada.


A manhã certamente virá,
A escuridão se dissipará, e a tua voz
Se derramará em torrentes douradas por todo o céu.


Então as tuas palavras voarão
Em canções de cada ninho dos meus pássaros,
E as tuas melodias brotarão
Em flores por todos os recantos da minha floresta.

Tagore

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

EXISTÊNCIA


Existência

Na beleza que extasia

na simplicidade que emociona

nas cores que meu olhos reluz

reverencio teu existir....

Lucia Liz






quinta-feira, 18 de novembro de 2010

ALMA EM OUTONO


Dias acinzentados e sem cor
num longo outono, esquecida
sentindo falta de calor
parece estar sem vida

Mas logo vem a primavera
e com ela a renovação
e o presente por tão longa espera
é o surgir de uma paixão...

Lucia Liz


quarta-feira, 17 de novembro de 2010

AMAPOLA


AMAPOLA

                                   Enquanto a noite dorme

                                   Amapola penetra em gotas

                                   Na profundidade dos sentidos

                                   Fazendo da emoção uma dimensão

                                   Jamais conhecida a fundo

                                   Nunca atingida em formas

                                   Apenas pressentida em sonhos

                                   E de repente, noturnamente sabida

                                   Através da mais pura emanação

                                                                                  Otávio Coral

ESPERANÇA


Do outro lado do rio mora um anjo
um anjo azul da cor do céu
que sabe que eu o espero

Um anjo cheio de amor
guardados para me dar
quando aqui chegar

Do outro lado do rio mora um anjo
com lábios açucarados
a quem eu vou beijar

Ele sabe que preciso dos seus beijos
para poder me alimentar
e sem eles não posso ficar

Do outro lado do rio mora um anjo
por quem morro de amor
e espero com fervor

Esse anjo não demora
vem me buscar
e juntos vamos caminhar...

Lucia Liz

terça-feira, 16 de novembro de 2010

ENIA & KITARO - Storms in África

VASO QUEBRADO


Vaso Quebrado

Pessoas são como vasos
que uma vez quebrados
nem mesmo juntados
deixam de ser pedaços colados

Pode se colar os cacos
com qualquer cola potente
mas nunca mais será vaso intacto
será sempre diferente

As marcas que as quedas deixam
são como feridas abertas
adormecem , mas nunca passam
tornam se cicatrizes eternas

Lucia Liz





segunda-feira, 15 de novembro de 2010

SEMANA


Para um preso, menos 7 dias
Para os felizes, 7 motivos
Para os tristes, mais 7 dias
Para a esperança, 7 novas manhãs
Para a insônia, 7 longas noites
Para os sozinhos, 7 chances
Para os ausentes, 7 culpas
Para os empresários, 25% do mês
Para os economistas, 0,019 do ano
Para o pessimista, 7 riscos
Para o otimista, 7 oportunidades
Para a terra, 7 voltas
Para cumprir o prazo, pouco
Para criar o mundo, o suficiente
Para uma gripe, a cura
Para a história, nada
Para a vida....Tudo!
Faça de cada dia da semana um dia especial!

(Desconheço a autoria)


TIMIDA - ROUPA NOVA

COMO PÉTALAS DESTINADAS AO TEMPO


Como pétalas destinadas ao tempo

Nas andanças que o tempo realiza
onde o destino cumpre seus desígnios
sentimentos atordoados deslizam
e tocam o chão em delírios

Caem como pétalas de rosas desfeitas
em súplicas ao vento pedidas
percebe-se totalmente imperfeita
e no momento totalmente esquecida

já não consegue viasualizar aquela mão
que antes a acariciava e por ela vivia
aos poucos a cor empalidece e já sem função
perde sua beleza e magia

a vida lhe escoa como por entre as gotas de orvalho
e na confusão dos seus pensamentos
aceita sua condição como um simples retalho
antes pétalas de rosa, agora ser dos esquecimentos

Lucia Liz  

domingo, 14 de novembro de 2010

ORQUIDEA


Quanta beleza e magia pode se ver numa flor e quando essa é ofertada de coração mais ainda. A flor branca significa pureza, segredo, humildade, silêncio...E é na magia dessa flor que sinto seus encantos, seus mistérios, sua sensibilidade...


"AMAPOLA" - Nana Mouskouri

A DERIVA


Um alguém a deriva
tentando um porto seguro encontrar
uma busca cansativa
da qual não consegue se esquivar

 
Ve inúmeras miragens somente
lá no longinquo horizonte
fecha e abre os olhos novamente
e nada ve além de altos montes

 
Talvez esteja perdida em devaneios
sonhando o que não se deve sonhar
mas são partes dos seus anseios
como pode isso lhe negar

 
Mas enquanto terra firme não consegue pisar
vai remando seu barco solitário
tentando a um lugar chegar
mesmo que esse seja um lugar ilusório
 
Lucia Liz

sábado, 13 de novembro de 2010

terça-feira, 9 de novembro de 2010

MEU LUGAR ENCANTADO


É AQUI QUE PRECISO ESTAR
QUANDO VOCÊ SE APAIXONAR
AQUI QUERO TE LEVAR
E SEU SONHO REALIZAR
NESSE MÁGICO LUGAR
QUERO TER AMAR
SUAS CARÊNCIAS SACIAR
E SEUS DESEJOS MATAR

Lucia Liz

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

PERFEITA SIMETRIA


Numa viagem sem volta
com o espaço delimitado
sinto o coração dominado

As noites são de sonho
Os dias de alegria
E os momentos de plena magia

E nessa perfeita simetria
dos corações apaixonados
seres são unificados...


Lucia Liz

domingo, 7 de novembro de 2010

VIESTE



Uma das mais belas músicas que conheço...Vieste de Lenine...

DELÍRIOS


Sussuros de corações pulsantes
na magia que envolve os amantes
lampejos de olhos fulgantes
iluminanado singelos semblantes

Plumas pairam no ar suavemente
embelezando a cena da paixão
almas em transes pulgentes
realçando as cores da alucinação

Entre beijos e envolventes fantasias
entrelaçados nas teias da transformação
o segredo da vida permeia alegrias
na grandeza pura de uma paixão
Lucia Liz

ANJO SEM ASAS



Lá onde ninguém pode chegar
dizem morar um anjo esquecido
tudo porque foi se apaixonar
por um ser proibido

Por causa de tal indolência
com o castigo suas asas perdeu
hoje vive na impaciência
esperando o que pode ser seu

Seus poderes deixou de usar
e na Terra vive a esperar
o ser que o enfeitiçou
e que ele tanto amou

Suas asas simbolizam a cor
Trancafiado em seu coração
por isso que sem o amor
perdemos toda a emoção...
 
Lucia Liz

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

THE PROMISE - TRACY CHAPMAN



A promessa
Se você esperar por mim,
aí eu voltarei pra você.
Ainda que eu tenha viajado tão longe,
eu sempre
guardarei um lugar pra você no meu coração,
se você
pensar em mim,
se você sentir minha falta de vez em
quando,
aí eu voltarei pra você,
eu voltarei e
completarei o espaço no seu coração,
lembrando do seu
toque,
do seu beijo,
do seu abraço apertado, eu
acharei meu caminho de volta pra você,
se você estiver
me esperando,
se você sonhar comigo,
como eu sonho com
você,
num lugar quente e escuro,
num lugar onde eu
possa sentir os pulsos do seu coração,
lembrando do
seu toque, do seu beijo,
do seu abraço apertado,
eu
acharei meu caminho de volta pra você,
se você estiver
me esperando,
eu tenho ansiado por você e desejado ver
teu rosto,
teu sorriso,
de estar com você onde você
estiver,
lembrando do seu toque,
do seu beijo,
do seu
abraço apertado,
eu acharei meu caminho de volta pra
você,
por favor,
diga que você estará me esperando,
juntos de novo,
seria maravilhoso estar em teus
braços,
onde todas as minhas viagens acabam,
se você
puder fazer uma promessa
se for a que você vá cumprir,
eu juro voltar pra você,
se você me esperar e disser que
guardará um lugar pra mim no teu coração.

MINHA ESSÊNCIA


...na pura e majestosa essência da escrita
como que em uma passagem secreta
revelo segredos e mistérios
tornando-a uma cerimônia completa

alegrias e dores do coração
marcas e lamentos de uma história
da memória saem os pensamentos
que no papel viram eternas memórias

sou lágrimas de toda cor
nebulando anjos sem asas
poeira em branca estrada
polem transportado da flor

nas linhas perdidas transcritas
um pouco da vida fragmentada
na minha visão ilicita
poesia inacabada...


Lucia Liz

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

MÚLTIPLOS ENCANTOS


Flores coloridas enfeitando o lugar
a lua e as estrelas num alegre iluminar
o orvalho da noite para o amor brindar
e como melodia o som do vento a soprar

Tudo em harmoniosa sintonia
numa inquieta euforia
na esperança de chegar o dia
motivo da minha maior alegria

Vestido branco esvoaçante
pés descalços a sentir o chão
na mente um desejo ardente
o de poder tocar seu coração

Assim como magia irradia
felicidade pelos quatro cantos
fazendo festa e muita folia
para presenteá-lo com mil encantos...
 
Lucia Liz

terça-feira, 2 de novembro de 2010

ESPERA


...talvez eu passe a vida toda aqui
inerte a te esperar
mas não posso ter outro pensamento
enquanto meu coração não mudar
nada mais tem sentido
desde que você se foi
a vida se perdeu pelo caminho
ficou sem rumo, sem direção
e o eixo o qual eu seguia
deixou de ter razão
qualquer que seja meu passo para o futuro
é no passado que minha alma permanece
presa sem cela, sem grade, vazia
mas estática, sem reação
talvez algum dia perceba
que o tempo é seu maior vilão
por mais que espere os dias
esses vão passar em vão
e a eternidade acontecerá
apenas no meu coração....
Lucia Liz

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

MOMENTOS DE DOAÇÃO


Momentos na imensidão
pelos amantes desejados
noite de plena doação
em eterna comunhão

Inexplicável magia
na força de um furacão
grande sintonia
no ápice da emoção

Corpos seduzidos
pela leveza do tocar
sussuros ao vento
divulgando o amar

Translúcidos envoltos
como na arte de pintar
palavras balbuciadas
como num lindo versejar

Como que em febre sutil
e no calor das carícias
em extase com muitas cores
colorindo nossos corpos de amor

Me perco nessa trilha
onde me entrego por inteira
na minha pele sua impressão
registrada com o suor da paixão


Lucia Liz